Saltar os Menus

Notícias

26 de Junho de 2014

António Jorge Gonçalves foi o vencedor do Prémio Nacional de Ilustração 2013, pelas ilustrações do livro Uma escuridão bonita, com texto de Ondjaki

O júri – constituído por Dora Batalim, docente da ESEI Maria Ulrich e coordenadora da pós-graduação em livro infantil da Universidade Católica de Lisboa; Pedro Saraiva, professor catedrático da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa e responsável pela área da ilustração, e Maria Carlos Loureiro em representação da DGLAB – decidiu, por unanimidade, atribuir o Prémio ao conjunto de ilustrações da obra Uma escuridão bonita, da autoria de ANTÓNIO JORGE GONÇALVES, com texto de Ondjaki, publicada pela Caminho. As duas menções especiais foram atribuídas, por unanimidade, às ilustrações da obra O pai mais horrível do mundo, da autoria de JOÃO FAZENDA, com texto de João Miguel Tavares, publicada pela Esfera dos Livros, e ao conjunto das ilustrações da obra Uma onda pequenina, da autoria de YARA KONO, com texto de Isabel Minhós Martins, publicada pela Planeta Tangerina.

Na 18.ª edição do Prémio Nacional de Ilustração foram analisadas 48 obras, publicadas em 2013 por 27 editoras, da autoria de 38 ilustradores.

Ata do júri.

Nota de imprensa.

Ondjaki, uma escuridão bonita

Esta notícia foi publicada em 26 de Junho de 2014 e foi arquivada em: Notícias, Prémios.

Comente esta notícia

Tem de iniciar sessão para poder comentar.