Saltar os Menus

Notícias

12 de Novembro de 2019

Prémio de Boas Práticas em Bibliotecas Públicas Municipais – edição de 2018

No passado dia 4 de novembro, no âmbito do 15º Encontro da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas, foram entregues as Menções Honrosas e o Prémio Vencedor da edição de 2018 do Prémio de Boas Práticas em Bibliotecas Públicas Municipais.

O júri do Prémio Boas Práticas em Bibliotecas Públicas Municipais, na sua 5ª edição, decidiu atribuir o Prémio de 2018 às Bibliotecas Municipais de Loures pelo projeto “Biblioteca de Bairro” desenvolvido pela Biblioteca Municipal Ary dos Santos, de Sacavém.

Este projeto, que resulta de uma parceria da unidade de Integração e Cidadania da Câmara Municipal de Loures, nasce da vontade em trabalhar o “bairro de proximidade” e desenvolve-se num bairro de habitação social onde habitam pessoas oriundas dos PALOP. Pretende-se potenciar e promover o acesso a bens e serviços da Biblioteca Municipal Ary dos Santo, num espaço sociogeográfico em que a população não usufrui dos recursos da Biblioteca. Numa experiência piloto que visa testar a forma como a Biblioteca seria recebida num espaço tão próprio e com uma população tão específica como a da Quinta do Mocho, a Biblioteca sai para a rua e vai ao encontro das famílias e das crianças. Pretende-se que o mesmo seja contextualizado no âmbito da Agenda 2030 para as Bibliotecas Públicas, indo ao encontro do cumprimento dos Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável – ODS 4 (Educação de Qualidade e Equitativa), ODS 5 (Promoção de Igualdade de Género) e ODS 11 (Cidades Inclusivas e Sustentáveis). Reconheceu-se ainda o esforço de adequar a realização das ações no dia da semana mais conveniente à população (aos domingos), o impacto na população e as boas perspetivas de continuidade, inclusive o facto de poder vir a ser replicado junto de outras comunidades.

O júri decidiu também por unanimidade atribuir três Menções Honrosas aos projetos: Memória sobre rodas, Biblioteca de Praia e Degustação de leituras.

Ao projeto “Memória sobre rodas”, da Biblioteca Municipal Castro Daire, pela boa estratégia de rentabilização dos recursos existentes na Biblioteca, pelo envolvimento de outros agentes que no território que concorrem para  objetivos comuns ou possibilitam estabelecer parcerias, bem como pelo impacto do projeto nos técnicos da biblioteca.

Aos projetos “Biblioteca de Praia” da Biblioteca Municipal de Silves e “Degustação de leituras”, da Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital, pela forma como procuram aproximar a biblioteca pública da população, reforçar a vertente de socialização da biblioteca e identificar oportunidades de levar serviços de biblioteca pública para fora dos espaços tradicionais tendo em conta as característica das comunidades que servem, nomeadamente no caso do concelho de Oliveira do Hospital.

Esta notícia foi publicada em 12 de Novembro de 2019 e foi arquivada em: Prémios.
DGLAB