Saltar os Menus

Notícias

21 de Outubro de 2015

Assinatura de Memorando de Entendimento com o Governo da Região Administrativa Especial de Macau

Foto da assinatura do memorando de entendimentoTeve lugar no dia 20 de outubro, pelas 11 horas, no Arquivo Nacional da Torre do Tombo, a cerimónia de assinatura de um Memorando de Entendimento no domínio dos Arquivos, entre a Presidência do Conselho de Ministros da República Portuguesa representada pelo Diretor-Geral da DGLAB, Silvestre de Almeida Lacerda e o Governo da Região Administrativa Especial de Macau da Republica Popular da China, representada pelo Presidente do Instituto Cultural de Macau, Dr. Guilherme Ung Vai Meng.

O presente Memorando de Entendimento tem por objetivo incentivar o intercâmbio recíproco de profissionais de Arquivo, incentivar a cooperação na formação nas áreas de descrição arquivística, conservação e restauro e digitalização, bem como promover uma candidatura conjunta da Coleção “Chapas Sínicas” ao Programa Memória do Mundo da UNESCO.

A coleção designada por “Documentos em Chinês” à guarda do Arquivo Nacional da Torre do Tombo é composta por mais de 3600 documentos (em documentos individuais e em forma de registo) provenientes da Procuratura do Leal Senado de Macau no âmbito das relações luso-chinesas, abrangendo cronologicamente um período entre 1693 e 1886. A documentação é formada por duas partes. Na primeira, encontram-se os documentos escritos em caracteres chineses, as chamadas “Chapas Sínicas”, que consistem na correspondência oficial das autoridades chinesas enviadas às autoridades portuguesas sediadas em Macau. Na segunda parte da coleção encontram-se as versões portuguesas dessas chapas, também designada por “Chapas Sínicas em Português”.

 

Esta notícia foi publicada em 21 de Outubro de 2015 e foi arquivada em: Notícias.

Comente esta notícia

Tem de iniciar sessão para poder comentar.